Notícias


Secretarias de São Mamede promoveram Mesa Redonda no Setembro Amarelo

As Secretarias de Saúde, Desenvolvimento Social e Humano e Educação, de São Mamede, trabalharam em conjunto as atividades da Campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio e valorização da vida. A discussão foi levada para as escolas das redes municipal e estadual de ensino, também para o CRAS e UBS’s da cidade, por meio de rodas de conversas.

Segundo os organizadores, uma das ações mais importantes da campanha foi a “Mesa Redonda” sobre Saúde Mental, realizada no salão paroquial da Igreja Católica, no último dia 24. Esse encontro reuniu profissionais especialistas no assunto e várias pessoas da comunidade.

A Psiquiatra e Primeira-Dama Drª Micaela Mota Morais, os Psicólogos Edjane Nóbrega (Nasf), Yordan Gouveia (CREAS) e Kelly Dantas (CRAS), e a Pedagoga Ediva Andrade abordaram a temática de forma bastante dinâmica, usando tópicos da história do suicídio e dados atuais.

Depressão e esquizofrenia, ausência de sentido na vida, mudança fisiológica nos adolescentes e idosos. O suicídio drástico e menos violento provocado por homens e mulheres, respectivamente. Esses foram alguns dos tópicos que enriqueceram o debate.

O público contribuiu com argumentações e perguntas que foram intercaladas pela mesa. O Psicólogo Yordan ressaltou que 22% da população jovem articula, planeja o suicídio. A Psiquiatra Drª Micaela falou do sofrimento interior que o paciente suicida absolve, sendo esse considerado maior que o sofrimento físico.

Em relação à medicação, ela disse que o preconceito vem diminuindo e que, ao contrário do que muitos pensam, os medicamentos psiquiátricos são grandes aliados no controle das doenças da mente.

Vale lembrar que um dos remédios indicados como prevenção é falar sobre o assunto no dia a dia. Também muito importante é saber escutar o outro com paciência, sem questionar, ou, rotular.

A campanha foi encerrada no último dia 28/9 em uma caminhada pelas principais ruas da cidade. Já o debate permanece nas escolas, entre as famílias, grupos sociais, unidades de saúde.


« Voltar