Notícias


I Formação Pedagógica do ano de 2017

A Secretaria de Educação promoveu na segunda-feira (17), no CIEM, a I Formação Pedagógica do ano de 2017, que foi dirigida aos professores da rede municipal com a participação da Professora da UFRN Valdenides Cabral.

“Refletir, a partir da leitura e escrita como formas de linguagem, uma compreensão crítica de mundo, para o fortalecimento da cidadania”, esse foi o objetivo trazido pela professora Valdenides, que abriu o encontro apresentando algumas de suas experiências como profissional da educação e mostrando os desafios que lhe são peculiares, a exemplo do “bullyng” e de preconceitos afins que se encaixam dentro da discussão sobre letramento literário.

Valdenides Cabral citou o escritor Carlos Scliar: “Talvez não haja alguma coisa que possa ser chamada de letramento, e sim letramentos no plural, pois se encontra no coração de umas culturas que são instáveis, fugitivas e enigmáticas”. Sendo assim, o letramento só pode ser trabalhado de forma interdisciplinar, isto é, em todas as disciplinas. Para Tatiane Araújo, Coordenadora Pedagógica, o evento trouxe uma reflexão muito pertinente: “Desejamos continuar esse trabalho desenvolvido, levando-o para as nossas escolas, dando ênfase à leitura e a escrita. A professora veio para nos afirmar à importância da leitura em todas as áreas do conhecimento”. 

O Secretário de Educação, professor Gerlúcio Medeiros, disse que essa prática da leitura cotidiana é realmente uma preocupação da Secretaria de Educação e do núcleo pedagógico. “Pensando nisso, estamos oferecendo esse momento de discussão pedagógica não apenas pra mostrar sua importância, mas como podemos trabalhar a leitura de uma forma mais lúdica e dinâmica em sala de aula”.

Para a professora, Valdenides Cabral, o maior desafio é combater a falta de estímulo: “Temos que estimular os professores pra que eles se sintam estimulados a estimular os alunos. Então, a leitura funciona como um objeto salvador da educação é como se ela viesse humanizar esses alunos que estão achando a escola um saco. A leitura nos tempos pós-modernos, que a gente tá vivendo, ai sim que é fácil enxergar porque antigamente a gente só lia um livro se tivesse na biblioteca, hoje a gente baixa qualquer livro na internet e ler online, sem precisar nem pegar no livro. Eu tenho a impressão de que a leitura agora é fácil, tá acessível a todos e o que falta é estímulo pra isso, pra que os professores sejam leitores e os alunos se tornem leitores”.

 

   
   
   
   
« Voltar